compra

Dicas para quem vai comprar passagens aéreas internacionais #Compartilhandooamor

se a informacao é boa, para que esconde-la? baseado nesse principio vou compartilhar a seguir algumas dicas que recebi de amigos pelo Face depois de perguntar na linha do tempo: "tem alguma coisa muito importante que eu devo saber antes de comprar uma passagem aerea internacional? tipo: os preços despencam duas semanas antes ou coisa assim?"

Respostas:

Terça-feira parece ser o melhor dia, li em algum local. Se não for comprar hoje, teste anotando o valor hoje e ao longo da semana.

Também ouvi conselhos para usar sempre no modo privado, pois as companhias aéreas vão aumentando o valor quando vêem que é o mesmo navegador.

O Kayak.com tem um gráfico com a tendência de preços para os próximos dias. Não é 100% confiável, mas vale dar uma olhada. E ainda dá para cadastrar alguns alertas de e-mail (se o preço cair abaixo de X, ele te avisa).

Não deixe de fazer um seguro de viagem, caso precise alterar datas.
5 de agosto às 16:38 · Descurtir · 1

tem o voopter.com q vc pode escolher varias datas.
5 de agosto às 16:41 · Descurtir · 1

Se vc vai ficar mais de um ano, o ideal seria comprar so ida. Porem o preco no Brasil de so ida e mto caro - quase igual ida e volta. A solucao seria conseguir milhas so para ida, que as Cias cobram so um trecho. Vc poderia tentar comprar milhas de alguem. Mas e complicado pois tem que ver nas Cias qtas mulhas estao pedindo pela data que quer ir.

Comentários



Você quer pagar pelo livro, até aceita as restrições de uso, mas a Amazon não vende. Por que?

Esta é a história de um cara que queria muito ler um livro.

Queria tanto que visitou um site chamado Amazon.com e encontrou o livro em formato Kindle, o que permitiria a ele ter o arquivo imediatamente.

Tudo bem que o livro viria em formato fechado, com várias restrições de uso, para emprestá-lo, por exemplo. Não importa, ele queria ler.

Daí o nosso leitor procurou um botão de compra que não estava na página. Devia ser por ele ter se mudado de país recentemente. Mas isso é fácil resolver: ele alterou seu endereço e inseriu os dados do novo cartão de crédito para cobrança.

Feliz por ter resolvido o problema, nosso heroi fez uma nova busca pelo nome do autor e estranhou encontrar uma outra lista, menor e menos interessante, de obras. Foi, então, ao histórico de navegação no site, achou o livro novamente e acessou sua página. Foi quando se deu a grande revelação na forma de uma frase:

- "This title is not available for customers from your location in: Latin Am. & Caribbean".

E tinha mais: - "Due to copyright restrictions, certain Kindle Titles are not available everywhere. If the country or region displayed is incorrect, you may change it at http://www.amazon.com/manageyourkindle."

E ele entendeu tudo e também não entendeu nada. Por que, oh Senhor Deus, impor essa limitação? O que pode justificar a existência desse obstáculo injusto e aparentemente irracional?

Seria para forçar a compra de exemplares impressos? Ou será uma restrição imposta pela editora ou pelo autor? Mas por que, se o livro não está disponível nesta região do mundo, só o exemplar impresso encomendado?

Alguém tem outra hipótese para iluminar a situação?

Comentários



Syndicate content