Warning: Table './db186965_naozero/watchdog' is marked as crashed and should be repaired query: INSERT INTO watchdog (uid, type, message, variables, severity, link, location, referer, hostname, timestamp) VALUES (0, 'php', '%message in %file on line %line.', 'a:4:{s:6:\"%error\";s:7:\"warning\";s:8:\"%message\";s:40:\"Creating default object from empty value\";s:5:\"%file\";s:93:\"/nfs/c06/h04/mnt/186965/domains/naozero.com.br/git/public/modules/taxonomy/taxonomy.pages.inc\";s:5:\"%line\";i:33;}', 3, '', 'http://www.naozero.com.br/taxonomy/term/238', '', '54.226.209.201', 1542178486) in /nfs/c06/h04/mnt/186965/domains/naozero.com.br/git/public/includes/database.mysql.inc on line 135
friendfeed | Não Zero

friendfeed

warning: Creating default object from empty value in /nfs/c06/h04/mnt/186965/domains/naozero.com.br/git/public/modules/taxonomy/taxonomy.pages.inc on line 33.

Como ajustar o Friendfeed para receber informação sob medida

Faz pouco tempo eu falei do Friendfeed, uma evolução em termos de agregador de informação online. Mas tava ficando chato receber diariamente esse conteúdo e perceber que a grande maioria era de mensagens de pessoas que eu acompanho no Twitter.

De novo quero mexer na sintonia para tentar encontrar o equilíbrio entre filtro e ruído. Nesse caso, para o Friendfeed.

Eu não sabia e talvez outras pessoas também não saibam que existe uma maneira de ajustar que tipo de informação se quer receber. Por exemplo, voce quer me seguir mas são quer receber as minhas tuitadas. Isso é possível.




Friendfeed e Twitter expandem potencial de comentários em blogs

Uma das medidas de sucesso de um blog é a quantidade de comentários que ele gera. Comentário é mais que apenas uma visita, significa que o conteúdo mobilizou uma parte da audiência. Mas isso traz um problema: a área de comentário não é um espaço flexivel. Para ter acesso a ela, o usuário deve ir ao post e de lá, ler e participar da discussão.

Acabo de ler este post que sugere que soluções como FriendFeed e Twitter estão se tornando o espaço por excelência para comentários e debates. E faz todo o sentido.

Essa solução tira do blog o conteúdo produzido pela comunidade que o acompanha ao mesmo tempo em que amplia, expande e facilita a participação no debate gerado pelo post.

Pode parecer um mal negócio para o blogueiro, mas é um bom negócio para o leitor, e o blogueiro deve aprender a tirar proveito disso.




Syndicate content